Passar para o Conteúdo Principal

Pesquisar

Hoje
Máx C
Mín C
siga-nos

Proteção Civil

PROTEÇÃO CIVIL
“Atividade desenvolvida pelo Estado e pelos cidadãos com a finalidade de prevenir riscos coletivos inerentes a situações de acidente grave, catástrofe ou calamidade, de origem natural ou tecnológica, e de atenuar os seus efeitos e socorrer as pessoas em perigo, quando aquelas situações ocorram”In Lei de Bases da Proteção Civil.
O Município de Odemira dispõe de um Serviço Municipal de Proteção Civil que é responsável pela execução das competências definidas para os serviços ou gabinetes municipais de proteção civil. Posteriormente, a Câmara Municipal, criou o Gabinete Técnico Florestal de Odemira (GTF) que funciona em articulação permanente com o Serviço Municipal de Proteção Civil.

Ambos os gabinetes trabalham na definição de medidas de prevenção e sensibilização, bem como de proteção e segurança, procurando prevenir e minimizar os efeitos de catástrofes naturais como sismos, cheias, inundações, tempestades e incêndios.

Consulte os Alertas da Proteção Civil

imagem

Autoridade Nacional de Proteção Civil
Plano Municipal de Emergência

Contactos

Serviço Municipal de Proteção Civil de Odemira
 
Tel: 283 320 911
 
Tlm: 961 620 622 / 961 620 627 / 967 087 681
 

Horário de Funcionamento

Durante as horas de expediente e em atendimento telefónico 24 horas por dia.
O Gabinete do Secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural informa que foi prorrogado até dia 15 de outubro o período crítico no âmbito do Sistema de Defesa da Floresta contra Incêndios, para o ano de 2018, por força das circunstâncias meteorológicas excecionais

Durante o período crítico de incêndios, nos espaços florestais ou agrícolas, é proibido:
• fumar, fazer lume ou fogueiras;
• fazer queimas ou queimadas;
• lançar foguetes e balões de mecha acesa;
• fumigar ou desinfestar apiários, salvo se os fumigadores estiverem equipados com dispositivos de retenção de faúlhas;
• fazer circular tratores, máquinas e veículos de transporte pesados que não possuam extintor, sistema de retenção de faúlhas ou faíscas e tapa chamas nos tubos de escape ou chaminés.

Despacho n.º 9084-A/2018 - Diário da República n.º 186/2018, 1º Suplemento, Série II de 2018-09-26 116506652

Voltar ao topo